Justiça anula leis que aumentavam salário da gestão administrativa e de vereadores de Mâncio Lima.

Já havia decisão judicial suspendendo os efeitos da lei, mas agora com o julgamento do mérito do caso, as legislações foram declaradas nulas e prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores deve restituir valores eventualmente recebidos a mais A Vara Única da Comarca de Mâncio Lima confirmou decisão emitida…

Continuar lendo Justiça anula leis que aumentavam salário da gestão administrativa e de vereadores de Mâncio Lima.

Município deve pagar multa ao Ibama por construir rua e aterro em área de preservação permanente.

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) manteve válida multa de R$ 60 mil imposta ao Município de Francisco Beltrão (PR) pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) por obras para construção de rua e aterro em área de preservação permanente…

Continuar lendo Município deve pagar multa ao Ibama por construir rua e aterro em área de preservação permanente.

União não tem responsabilidade objetiva por atos particulares de servidor público no âmbito da repartição, mas fora do exercício funcional.

A 6ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) negou provimento à apelação de dois servidores públicos, contrários à sentença que julgou improcedente o pedido de condenar a União ao pagamento de indenização por danos morais decorrentes de acusações falsas feitas contra eles por outro…

Continuar lendo União não tem responsabilidade objetiva por atos particulares de servidor público no âmbito da repartição, mas fora do exercício funcional.

É possível condenação apenas de pessoas particulares em ação civil pública proposta para verificar atos de improbidade administrativa.

A 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) decidiu que é possível a condenação apenas de pessoas particulares em ação civil pública, proposta para verificar atos de improbidade administrativa supostamente cometidos por servidores públicos e donos de empresas que prestavam serviços à Administração. No…

Continuar lendo É possível condenação apenas de pessoas particulares em ação civil pública proposta para verificar atos de improbidade administrativa.

União não deve pagar honorários de sucumbência em ação de improbidade administrativa proposta pelo MPF.

A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) decidiu que a União não deve pagar honorários advocatícios quando houver a extinção de uma ação de improbidade administrativa proposta pelo Ministério Público Federal (MPF). A sentença extinguiu o processo com resolução de mérito, a pedido…

Continuar lendo União não deve pagar honorários de sucumbência em ação de improbidade administrativa proposta pelo MPF.

DF deve indenizar pedestre que sofreu fraturas após pisar em tampa de bueiro quebrada.

O Distrito Federal foi condenado a indenizar mulher que caiu ao pisar na tampa de um bueiro quebrada. O juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública do DF entendeu que houve omissão do réu no dever de fiscalização e manutenção da via pública. A autora conta que…

Continuar lendo DF deve indenizar pedestre que sofreu fraturas após pisar em tampa de bueiro quebrada.

Declarada constitucional norma que concede adicional sobre salários de servidores de Poço Branco.

O Pleno do Tribunal de Justiça declarou a constitucionalidade do art. 148 da Lei nº 273/2008, editada pelo Município de Poço Branco. O normativo dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos Municipais. Especificamente, o dispositivo garante ao servidor que completar 25 anos de efetivo exercício no serviço…

Continuar lendo Declarada constitucional norma que concede adicional sobre salários de servidores de Poço Branco.

Ex-prefeito que pagou horas extras acima do teto ressarcirá município em R$ 35 mil.

Um ex-prefeito de Vidal Ramos, cidade localizada no alto Vale do Itajaí, que realizou o pagamento irregular de horas extras aos servidores municipais, foi condenado por improbidade administrativa pelo juízo da 2ª Vara da comarca de Ituporanga. A decisão prolatada neste mês atende a ação civil pública…

Continuar lendo Ex-prefeito que pagou horas extras acima do teto ressarcirá município em R$ 35 mil.

Nova condenação por superfaturamento, desvio de verba e propina na Operação Fundo do Poço.

Em pouco menos de um mês, a comarca de Anita Garibaldi, na Serra Catarinense, julgou dois processos relacionados aos atos de improbidade administrativa na operação Fundo do Poço. Desta vez, a organização formada por um núcleo empresarial envolveu ex-prefeito, ex-prefeita, o marido dela e um ex-vereador de…

Continuar lendo Nova condenação por superfaturamento, desvio de verba e propina na Operação Fundo do Poço.