Suspensa lei do município de Cajazeiras que proíbe negativação de consumidores.

Suspensa a Lei nº 2.727/2018, do município de Cajazeiras, que dispõe sobre a vedação da inscrição nos cadastros de restrição de crédito (SPC e SERASA) do nome dos consumidores que não estão em dia com o pagamento das contas de água e energia elétrica. A decisão foi…

Continuar lendo Suspensa lei do município de Cajazeiras que proíbe negativação de consumidores.

Município de Patos deve indenizar mulher que caiu em buraco na via pública.

O Município de Patos foi responsabilizado pela queda sofrida por uma motociclista devido a um buraco existente na via pública. O caso foi julgado pela Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba. A relatoria do processo nº 0800881-51.2015.8.15.0251 foi do juiz convocado Inácio Jário Queiroz…

Continuar lendo Município de Patos deve indenizar mulher que caiu em buraco na via pública.

Justiça determina que Município de Mâncio Lima promova concurso público.

Município condenado tem o prazo de 180 dias para publicar edital do certame ou será penalizado com multa diária de mil reais O Juízo da Vara Única da Comarca de Mâncio Lima determinou que o Município realize concurso público para contratação efetiva de profissionais da área da…

Continuar lendo Justiça determina que Município de Mâncio Lima promova concurso público.

Tribunal decide que recusa de matrícula de pessoa com deficiência comprovada por meio diverso do exigido em edital constitui barreira ao direito à educação.

A 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) reformou a sentença que negou provimento ao pedido de matrícula de aluna com deficiência visual que, aprovada em vaga para o curso de geografia da Universidade Federal do Piauí (UFPI), não logrou encaminhar o “Formulário Caracterizador…

Continuar lendo Tribunal decide que recusa de matrícula de pessoa com deficiência comprovada por meio diverso do exigido em edital constitui barreira ao direito à educação.

Supremo começa a julgar ação sobre sequestro de verbas em caso de parcelamento compulsório de precatório.

Para o relator, ministro Edson Fachin, o texto constitucional previu o sequestro como medida extrema, em razão do descumprimento do regime geral de pagamento de precatórios. O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) deu início ao julgamento do Recurso Extraordinário (RE) 597092, com repercussão geral reconhecida (Tema…

Continuar lendo Supremo começa a julgar ação sobre sequestro de verbas em caso de parcelamento compulsório de precatório.

Justiça eleva valor de indenização a morador de Brasiléia por queda em bueiro.

A 2ª Turma Recursal do Poder Judiciário do Acre elevou o valor de indenização por danos morais, de R$ 4 mil para R$ 5 mil e negou pedido reparação por danos materiais e estéticos A 2ª Turma Recursal do Poder Judiciário do Acre elevou o valor de…

Continuar lendo Justiça eleva valor de indenização a morador de Brasiléia por queda em bueiro.

Ministro Fux restabelece direito de município goiano a repasse de ICMS sem desconto de incentivos fiscais.

Segundo o presidente do STF, a retenção da parcela, a pretexto de concessão de incentivos, configura interferência indevida do estado no sistema constitucional de repartição de receitas tributárias. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, restabeleceu decisão que condenou o Estado de Goiás ao…

Continuar lendo Ministro Fux restabelece direito de município goiano a repasse de ICMS sem desconto de incentivos fiscais.

Governador do DF questiona lei que concedeu reajuste a professores da rede pública.

Para Ibaneis Rocha, a norma previu reajustes sem prévia dotação orçamentária e autorização específica na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, ajuizou, no Supremo Tribunal Federal (STF), a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6990, em que questiona a validade da Lei…

Continuar lendo Governador do DF questiona lei que concedeu reajuste a professores da rede pública.

Filha impedida de realizar velório da mãe durante pandemia não será indenizada.

Paciente faleceu com sintomas de Covid-19. A 9ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve sentença da juíza Liliane Keyko Hioki, da 6ª Vara da Fazenda Pública da Capital, que negou pedido de indenização por danos morais motivado pelo impedimento de realização…

Continuar lendo Filha impedida de realizar velório da mãe durante pandemia não será indenizada.

Ex-vereador que mantinha emprego com carga horária incompatível terá de pagar multa civil.

Ex-vereador de Pontal do Araguaia (a 512 km de distância de Cuiabá) que tinha carga-horária incompatível trabalhando como escriturário em uma instituição financeira foi condenado a pagar multa no valor de 10 vezes de sua maior remuneração no cargo eletivo. O caso foi julgado pela Primeira Câmara…

Continuar lendo Ex-vereador que mantinha emprego com carga horária incompatível terá de pagar multa civil.